Receitas

Salada Antioxidante de Romã – Receita e Consumir

A salada antioxidante de romã ao ser incluído na sua dieta, irá te ajudar a emagrecer rapidamente. Descubra com é simples de fazer a receita para sentir outros benefícios mais.

As refeições são aspectos importantes da nossa vida e que devem ser feitos corretamente para que não tenha problemas mais tarde, principalmente relacionado a saúde e ao emagrecimento para quem anseia perder peso o qua11084962-911004732253818-2089326537-nnto antes. Por isso as receitas light ou funcionais como é conhecida por algumas pessoas se tornam um complemento muito importante na hora de se alimentar.  Dessa forma, saiba em nosso blog como fazer a receita antioxidante de romã que tem sido bastante eficaz para todos que estão de dieta ou estão reformulando sua alimentação. Uma dica importante é sempre conciliar com atividades físicas para potencializar cada vez mais os efeitos positivos e acabar de uma vez por todas com as gorduras localizadas que afetam muitos de várias formas, principalmente na questão da auto-estima que está relacionado aos compromissos da vida para ter mais produtividade ou não.

Receita da Salada Antioxidante de Romã

Ingredientes

  • Duas colheres de quinoa cozida
  • Um rabanete em rodelas
  • Folhas verdes
  • Duas colheres de sopa de romã
  • Uma xícara de vagens cozida

Modo de Preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador com exceção da salsinha, estando pronto acrescente as ervas. Coloque-os na salada e misture com o molho de sua preferência.

Consumir Salada Antioxidante de Romã

A forma de consumo fica a critério de cada pessoa e não há contra-indicação, por isso não há necessidade de ingerir pouca quantidade. Pode parecer diferente, mas algumas pessoas tem o hábsalada-verde-internaito de ter a salada no seu café da manhã que é a principal do dia para repor a energia que fora gastas nas noites anteriores. Ou no lanche da manhã que é necessário ser algo saudável para não retirar toda a fome para as próximas.

No almoço pode ser o prato de entrada para não ultrapassar a quantidade estipulada e até mesmo com o prato principal que tende ser o menos calórico possível. Se assim preferir, no lanche da tarde em junção com suco natural ou frutas. Por fim, no jantar ou na ceia que é pouco antes de dormir para que não atrapalhe as noites de sono e não sinta fome e acabe devorando as besteiras por assim dizer.

Por que ter uma alimentação equilibrada é importante? Agradecemos a visita. Deixe seu comentário e até a próxima!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.